segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Desta vez, tudo vai ser diferente

This time it will all be different “ afirma The Economist em sua edição impressa de 19.01.2008.

Segundo o conceituado e tradicional semanário britânico, o Brasil está mais bem preparado para enfrentar a recessão mundial que se avizinha. Ao contrário das crises anteriores, o país pode agora se apoiar na forte demanda interna, maior integração nos mercados globais e melhor solidez monetária.

Para explicar a menor vulnerabilidade da economia brasileira, o jornal cita a independência e transparência do Banco Central, adoção do câmbio flutuante e eliminação da dívida em dólares.

Embora mencione haver ainda acertos a serem feitos, The Economist conclui que “... se o Brasil for capaz de manter o crescimento sustentado sem sair da rota por efeitos externos, parecerá muito diferente em dez anos”.

Notícias desse tipo, impensáveis em crises passadas (v. meu post Brasil entre as cinco maiores potências mundiais) reforçam nosso otimismo quanto ao futuro próximo.

Para aqueles que pensam em investir, o momento é promissor. E, como sempre, os escritórios virtuais podem ser uma excelente alternativa para viabilizar ou melhorar o desempenho desses futuros investimentos.

Veja a notícia completa no site Economist.com, versão eletrônica de The Economist, no link abaixo: http://www.economist.com/world/la/displaystory.cfm?story_id=10534864&CFID=8773387&CFTOKEN=114e78a554b7f431-9CA0F95C-B27C-BB00-01274F4F2045F42A

2 comentários:

Mariana disse...

Hoje vejo o mercado muito mais promissor e receptivo. Vamos ver como atuaremos frente a recessão americana.

Brruno disse...

Acredito no mercado brasileiro e em um futuro promissor daqui alguns anos,mais tudo pode mudar se existir uma pegadogia diferente e e de não opressão...
Mais os mercados estão confiantes e nossos produtos estão crescendo,como a propria petrobrass...
vamos ver o que vai dar...
porque a 10 anos atraz eu esperava mudanças e poucas aconteceram..